Sistema de irrigação

As tecnologias adotadas permitem obter maiores produtividades agrícolas, comparando com as médias nacionais, contribuindo para a otimização do uso da área plantada, água e demais insumos. Do ponto de vista ambiental, a irrigação por gotejamento é mais eficiente na aplicação por hectare, bem como na aplicação simultânea de fertilizantes (fertirrigação).

Plantas industriais

A Usina de açúcar e etanol contará com uma flexibilidade superior de mix para cada produto, permitindo um maior direcionamento da produção para aquele produto mais demandado no momento. A planta de cogeração de energia utilizará caldeiras multi-combustível de alta pressão e leito fluidizado borbulhante, turbinas de condensação com extração de vapor e ciclo com reaquecimento e regeneração. A integração do polo permitirá que a cogeração supra com eletricidade e vapor a usina, fábrica de pasta de tomate e o sistema de irrigação.

Projeto agrícola

A rotação entre as culturas de cana-de-açúcar e tomate resulta em vários benefícios agronômicos, como a quebra do ciclo de pragas do solo, a ciclagem de nutrientes do tomate para a cana-de-açúcar e vice-versa. A agricultura de precisão, com tráfego controlado e pilotos automáticos, propiciará a mitigação da compactação dos solos e diminuição dos riscos de danos nas culturas durante o processo mecanizado da colheita.

Produtividade

A irrigação por gotejamento permite manejo mais eficiente, produtividade por hectare mais elevada e melhor uso de água e fertilizantes, minimizando os custos e os impactos ambientais.

Projeto de logística interna e de canais de irrigação

Por se tratar de um projeto greenfield em áreas agrícolas proprias, haverá a racionalização da logística interna, com as estradas e canais de irrigação planejados e otimizados de forma integrada, através de sistemas de geoprocessamento.

Projeto de Engenharia e Plano Agrícola

Foram executados com a utilização das mais modernas ferramentas, incluindo levantamentos topográficos para elaboração de modelos digitais com tecnologia LIDAR (mapeamento com laser), programas de controle integrado de pragas (CIP), mapeamento dos solos com GPS, e construção de banco de dados climáticos com histórico diário de 35 anos, além do uso de outros softwares especializados que integram os dados sobre solos e topografia e permitem um melhor design do sistema de drenagem, estradas, vias de acesso, linhas de plantio, canais e conexões elétricas.

Bombeamento do Sistema de Irrigação do Programa Pré-Operacional